Aulas de condução:

  Nota: Esta secção diz respeito a veículos da categoria B. Brevemente adicionaremos detalhes e procedimentos para outras categorias.

  Requisitos:

  • O aprendiz terá que ser supervisionado por um condutor qualificado (instrutor de condução profissional ou por familiares ou amigos quando cumpridos certos requisitos);
  • O aprendiz necessita de uma licença de condução provisória;
  • O veículo terá que ter a placa “L” visível (ou letra D no País de Gales);
  • O veículo tem que estar registado na DVLA e estar apto a ser conduzido em segurança;
  • O veículo necessita do “vehicle tax” em dia bem como o certificado do MOT;
  • O veículo deve ter, pelo menos, seguro contra terceiros que cubra qualquer dano provocado pelo aprendiz.

  Limites de velocidade:

  Em Inglaterra, Escócia e País de Gales, os limites de velocidade são os mesmos enquanto aprende a conduzir ou depois de ter a carta.

  Na Irlanda do Norte o limite de velocidade é de 45 milhas/hora durante o período em que se encontra a aprender a conduzir.

  Aulas de condução:

  As aulas de condução poderão ser lecionadas por um instrutor de condução ou por familiares ou amigos.

  Instrutor de condução:

  Se optar por um instrutor de condução profissional, deverá garantir que este é qualificado e que possui um estatuto que lhe permite ser pago para prestar aulas de condução (poderá ser um “trainee” ou estagiário). Estes terão que exibir no para-brisas do carro um emblema para comprovar o seu estatuto (verde para um instrutor qualificado ou cor-de-rosa para um “trainee”)

  Poderá utilizar o seguinte link para encontrar a escola de condução ou instrutor de condução mais próximo de si (Clique aqui).

  O custo das aulas dependerá do instrutor/escola de condução, e não existe limite mínimo de aulas necessárias para tirar a carta.

  Se viver na Irlanda do Norte, por favor consulte o seguinte website para consultar as regras para a escolha de um instrutor de condução (Clique aqui) .

  Familiares/amigos:

  Membros da sua família ou amigos poderão ensiná-lo a conduzir, desde que estes cumpram as seguintes condições:

  • Ter mais de 21 anos;
  • Estar qualificados para ensinar a conduzir aquele veículo em específico (exemplo: se quiser aprender a conduzir um veículo ligeiro manual, a outra pessoa terá que ter carta de condução para tal).
  • Ter carta de condução há pelo menos 3 anos.

  Durante as aulas, a pessoa que o está a supervisionar não poderá fazer uso do telemóvel.

  Se conduzir sem supervisão poderá incorrer uma multa de £1000 e uma penalização de 6 pontos na sua carta de condução provisória.

  Se as aulas de condução tiverem lugar no seu próprio veículo, terá que possuir um seguro automóvel para “learner driver”. Se o veículo pertencer a outra pessoa, deverá certificar-se que o seguro automóvel dessa pessoa o cobrirá enquanto “learner driver”. Não estar coberto por um seguro automóvel apropriado poderá resultar numa multa ilimitada, ficar proibido de conduzir e uma penalização de até 8 pontos na carta.

Placas “L” e “P”:

  Enquanto está a aprender a tirar a carta, deverá ter uma placa com a letra “L” (ou “D” no País de Gales). Estas placas deverão obedecer às seguintes regras:

  • - Letra “L” ou “D” a vermelho num fundo branco;
  • - Obedecer ao tamanho imposto no seguinte link: (Clique aqui)

  Não obedecer às regras supracitadas poderá resultar numa penalização de até 6 pontos na carta.

  As placas “P” podem ser exibidas após o exame de condução, mas não são obrigatórias.

  No entanto, se residir na Irlanda do Norte, após o exame de condução terá que exibir uma placa com a letra “R” durante um ano. Por favor consulte o seguinte website para mais informações (Clique aqui)

Fontes: Clique aqui, clique aqui, clique aqui e clique aqui

  Exame de condução:

  Nota: Esta secção diz respeito a veículos da categoria B. Brevemente adicionaremos detalhes e procedimentos para outras categorias.

  Constituição do exame de condução:

  Será avaliado em 5 áreas:

  • Avaliação da acuidade visual;
  • Questões de segurança “show me, tell me”;
  • Habilidade de condução;
  • Marcha-atrás;
  • Condução independente.

   Avaliação da acuidade visual:

  Ser-lhe-á pedido que leia uma matrícula de um carro a uma distância de:

  • 20 metros para matrículas novas
  • 20.5 metros para matrículas antigas.

  Questões de segurança “show me, tell me”:

  O examinador far-lhe-á duas questões de segurança:

  • Uma questão antes de começar a conduzir onde terá que dar uma explicação para o que lhe é perguntado (“tell me”);
  • Uma questão durante a condução em que terá que demonstrar como faria o que lhe é pedido (“show me”).

  Poderá encontrar a lista de perguntas possíveis no seguinte link (Clique aqui)

   Habilidade de condução:

  Durante o exame conduzirá em vários tipos de estrada e condições de trânsito, exceto autoestradas. Terá que seguir as instruções do examinador.

  Terá, também, que realizar determinadas manobras de condução, nomeadamente: imobilizar o carro junto ao passeio ou berma da estrada, sair de um estacionamento e arrancar numa subida. Poderá ter que fazer uma travagem de emergência, se tal lhe for pedido.

  Marcha-atrás:

  Ser-lhe-á pedido que execute um dos seguintes:

  • Estacionamento paralelo;
  • Estacionamento num lugar de estacionamento (seguindo as instruções do examinador);
  • Parar do lado direito da estrada, fazer marcha-atrás numa distância equivalente a dois carros (aproximadamente) e retomar à estrada.

   Condução independente:

  Ser-lhe-á pedido que conduza durante cerca de 20 minutos seguindo as instruções de um dos seguintes:

  • Sistema GPS (o examinador providenciará este);
  • Sinais de trânsito.

  Não será penalizado no exame por se enganar e mudar de direção na estrada errada e o examinador ajudar-lhe-á a voltar ao trajeto correto.

  Duração do exame de condução:

  O exame de condução dura cerca de 40 minutos.

  A duração passa para 70 minutos para condutores que tenham que tirar o teste de condução extenso por terem sido proibidos de conduzir previamente.

  Marcação do exame de condução:

  Antes de poder fazer o exame de condução, precisará da aprovação no exame de código, exceto se não necessitar deste (por favor consulte as exceções na secção “Exceções” que pode encontrar na categoria “exame de código).

  Para fazer a marcação do exame de condução necessitará do número da sua carta de condução provisória e de pagar a quantia de £62 (se o exame tiver lugar em dias úteis) ou £75 (se feito durante a noite, ao fim-de-semana ou feriados).

  É obrigatório já estar a morar em Inglaterra, País de Gales ou Escócia há pelo menos 185 dias nos últimos 12 meses antes de fazer o exame de condução.

  Poderá fazer a marcação do exame de condução através do link: (Clique aqui serviço disponível das 6:00h às 23:40h). Se viver na Irlanda do Norte, terá que usar o seguinte website: (Clique aqui)

  Exame de condução para “upgrade” da carta de condução:

  Se pretender apenas fazer um “upgrade” da sua carta de condução (exemplo: para um carro manual) terá que contactar a Driver and Vehicle Standards Agency (DVSA)

  Preparação para o exame de condução:

  Poderá consultar o seguinte link para ficar a conhecer tudo aquilo que necessita saber para ser aprovado no exame de condução: (Clique aqui)

  Não existe um número mínimo de aulas de condução a que terá de atender para fazer o exame de condução.

  Carro manual ou automático:

  Por favor tenha em conta que se optar por fazer o exame de condução num carro automático, a carta de condução que lhe será emitida apenas permitir-lhe-á conduzir carros automáticos.

  Uso do carro pessoal para o exame:

  Se optar por usar o seu carro no exame de condução, terá que garantir que o mesmo cumpre as seguintes condições:

  • Estar taxado (“vehicle tax” pago);
  • Ter um seguro automóvel que cubra o exame de condução;
  • Estar apto a ser conduzido de forma segura e ter inspeção automóvel em dia (MOT);
  • Não exibir alguma luz de aviso no painel;
  • Os pneus não deverão exibir qualquer dano e terão que ter o relevo dentro dos limites legais. Também não poderá ter pneus suplentes denominados “space-savers” instalados.
  • Não poderá fumar antes ou durante o exame;
  • O carro tem que ser capaz de atingir uma velocidade mínima de 62 milhas por hora e possuir um velocímetro com valores em milhas;
  • O carro também terá que ter 4 rodas e um peso bruto máximo de 3500 kg;
  • No interior do carro terá que ter um espelho retrovisor extra instalado;
  • Na frente e traseira do carro terá que ter exposta uma placa “L” (ou “D” no País de Gales);
  • Para o examinador necessitará de um cinto de segurança no lugar do pendura e um encosto de cabeça comum (nunca dos de tipo “slip-on”).

  Outros detalhes:

  Se o seu carro tiver uma câmera instalada (dash cam), esta não pode filmar o interior ou o áudio do mesmo.

  Poderá usar um carro de aluguer no exame de condução, desde que o mesmo cumpra todas as condições apresentadas anteriormente e que esteja equipado com “dual controls”.

  O carro pode ter um sistema de travão de mão elétrico e também poderá ter um sistema de ajuda ao arranque em plano inclinado.

  Carros que não podem ser usados:

  Não poderá usar os seguintes carros em exames de condução:

  • Mini descapotável
  • Ford KA descapotável
  • Toyota iQ
  • Volkswagen Beetle descapotável

  Para além destes, contacte a DVSA se quiser usar um carro descapotável ou carrinha, para confirmar se o pode fazer.

  Existem carros com falhas já conhecidas que não deverão ser usados a menos que tenha uma prova em como essa falha foi reparada. Para consultar estes modelos, respetivas falhas e provas necessárias, por favor siga o seguinte link: (Clique aqui)

  O que levar:

  Para o exame de condução terá que levar o seguinte:

  • Carta de condução provisória;
  • O certificado de aprovação do exame de código;
  • Um carro (poderá ser o seu, se obedecer às regras, ou o do seu instrutor de condução).

  Caso não possua a carta de condução provisória normal (“photocard licence”), terá que trazer a carta de condução provisória em papel (“paper licence”) e o passaporte válido.

  Se viver na Irlanda do Norte, leve a carta de condução provisória e respetiva contraparte.

  Ter outra pessoa presente no exame:

  Poderá levar o seu instrutor de condução, amigo ou parente no banco de trás do carro durante o exame e/ou tê-los presente durante a entrega do resultado.

  Os acompanhantes terão que ter mais de 16 anos, não interferir no exame, não falar noutra língua que não o inglês, e obedecer a certas regras.

  Poderá consultar as regras a que as pessoas presentes no exame terão que seguir, no link (Clique aqui)

  Cometer erros durante o exame:

  Se cometer algum erro durante o exame, prossiga pois o mesmo poderá não afetar o resultado se não for sério. O examinador apenas parará o exame se considerar que está a pôr outros condutores em risco.

  Falhas no exame e resultado:

  Existem três tipos de falhas:

  • Falha perigosa: causa perigo para si, o examinador, público ou propriedade;
  • Falha séria: potencialmente perigoso
  • Falha na condução: não é potencialmente perigosa, mas poderá tornar-se uma falhar séria se a cometer continuamente.

  Para obter aprovação no exame:

  Será aprovado se:

  • Não cometer mais do que 15 falhas de condução (falhas “menores”);
  • Nenhuma falha séria ou perigosa.

  Por favor consulte a secção “falhas no exame e resultado” para mais informações.

  Caso seja aprovado:

  Caso seja aprovado no exame de condução, o examinador irá:

  • Comunicar-lhe as falhas cometidas (se aplicável);
  • Dar-lhe o certificado de aprovação;
  • Oferecer-lhe a possibilidade de a carta de condução definitiva ser enviada para si automaticamente (neste caso terá que entregar a sua carta de condução provisória). Receberá a mesma no prazo máximo de 3 semanas. Se optar por não o fazer automaticamente, terá 2 anos para fazer o pedido da carta de condução definitiva.

  Quando pode começar a conduzir após a aprovação:

  Poderá conduzir logo após ser aprovado no exame de condução, não tendo que esperar pela carta de condução definitiva. No entanto, terá que garantir que possui um seguro automóvel que lhe permita conduzir sem supervisão.

  Caso reprove no exame de condução:

  O examinador explicar-lhe-á as falhas cometidas.

  Se for reprovado e quiser fazer a marcação de um novo exame (fazendo um novo pagamento), a data do novo exame de condução terá que ser, no mínimo, 10 dias após o primeiro.

  Recorrer do resultado de reprovação do exame:

  Poderá recorrer do resultado se considerar que o examinador não seguiu devidamente o regulamento (consulte o mesmo em clique aqui).

  Tal não mudará o resultado do exame, mas caso a sua alegação se comprove poderá receber um novo teste de condução gratuito.

  Para o fazer, e caso resida na Inglaterra ou País de Gales, contacte o “magistrate’s court” mais próximo de si (encontre-o em: clique aqui) no prazo máximo de 6 meses.

  Caso resida na Escócia, terá que contactar o “sheriffe’s court” mais próximo de si (encontre-o em: clique aqui) no prazo máximo de 21 dias.

Fontes: Clique aqui, clique aqui, clique aqui, clique aqui, clique aqui, clique aqui, clique aqui e clique aqui

Última revisão: 26 de maio de 2018

 

0
0
0
s2smodern
powered by social2s